Um Blog de David Ponte. Contacto: dav_russ@clix.pt.

terça-feira, janeiro 10

Theodor Hunt aproveitara uma pequena distracção dos seus pais, para se aproximar daquele facto que todos os dias, ocupava o mesmo espaço, divergia nele apenas o tamanho e a intensidade. O pequeno Theodor Hunt à muito havia desenvolvido dentro de si uma vontade imensa de explorar aquele pequeno fenómeno, agora, Theodor encontrava-se de frente ao que apesar de desconhecido o atraía, estende o braço na tentativa de tocar, o calor causa-lhe dor, mesmo assim, aquele gesto era à muito uma obsessão, mas, agora descobrira que aquela luz incandescente lhe causa dor, dor essa que ignora. Theodor Hunt, toca e solta um enorme grito, e foge do facto que à pouco o atraía. E chora.
[David Ponte]