Um Blog de David Ponte. Contacto: dav_russ@clix.pt.

terça-feira, maio 9

Numa tarde de Inverno os olhos dum homem fixavam o horizonte e observavam aquele ponto onde o sol se confunde com o mar. Apesar da chuva, do frio e da bravura do mar, transitava dentro do corpo do homem uma vontade enorme de nadar. Aquele pequeno homem queria desafiar o grande oceano. Sem conseguir segurar mais dentro de si aquela determinação de nadar, o homem correu para o mar e começou a nadar, uma ou duas horas passaram e o homem continuava apesar do enorme cansaço aquela maratona sem fim. Sem mais forças o homem parou, e sorriu, era como se aquele pequeno homem quisesse desafiar a brutal força do oceano que agora o dominava, e que sem dispor uma palavra ou mesmo um pequeno sorriso, engoliu aquele pequeno homem que eu desconheço o nome, apenas sei que tinha vontade de nadar.
[David Ponte]

1 Comments:

Blogger hfm said...

e uma vontade indómita. Belo texto.

8:49 da manhã

 

Enviar um comentário

<< Home